Na verdade, qualquer tipo de eczema tem este sintoma. Para os dermatologistas, os três tipos de eczema são, na verdade, chamados de "dermatite": dermatite atópica (comumente chamada de eczema atópico), dermatite de contato irritativa (eczema de contato irritativo) e dermatite de contato alérgica (eczema de contato alérgico). Embora os três eczemas sejam muito semelhantes, são patologias distintas. Aqui está o nosso guia para diferenciá-los e compreendê-los.

Eczema itching the back

Dermatite atópica ou eczema atópico
 

Quem pode ser afetado?

A dermatite atópica afeta principalmente bebés e crianças. Nos países industrializados, o número de casos triplicou nos últimos 30 anos: 10 a 30% das crianças são afetadas, dependendo do país. Para a maioria deles, o eczema atópico desaparece por volta dos sete ou oito anos de idade.

Para saber mais sobre o eczema na infância, descubra o nosso artigo: “Eczema na infância”

 

Mas o problema de pele pode continuar durante a adolescência. Estima-se que 10 a 20% dos adolescentes em todo o mundo sofrem de dermatite atópica.

Para saber mais sobre eczema na adolescência, descubra o nosso artigo: “Eczema na adolescência”

Nos países industrializados, o eczema afeta 10% dos adultos. Entre estes 10%, alguns têm o problema desde a infância. Outros tiveram períodos de remissão antes de voltarem a ter eczema. Por vezes chegam a ser vários anos sem nenhuma crise e alguns têm a primeira crise já adultos.

Para saber mais sobre eczema na vida adulta, descubra o nosso artigo aqui: “Eczema na vida adulta”

O eczema atópico é uma doença crónica e cíclica da pele muito seca. Nem grave nem contagiosa, mas capaz de impactar gravemente a qualidade de vida, tem três fases que podem se estender por semanas ou meses.

Aparecem manchas vermelhas e ásperas no rosto e no corpo, bem como irritação e comichão. Nessas manchas vermelhas aparecem pequenas bolhas. A comichão é intensa e incontrolável. Estes sintomas acabam por desaparecer graças a um tratamento prescrito pelo médico, na maioria das vezes corticóides tópicos.

Eczema in child

A pele volta ao seu estado "normal", ou seja, muito seca, a repuxar e sempre desconfortável. Também pode haver descamação.

Eczema in child

Algumas semanas ou meses depois, ocorre uma nova crise, sem que haja uma causa específica. O ciclo recomeça.

Durante as crises de eczema, a comichão pode ter um grande impacto na qualidade de vida: irritabilidade, problemas de sono, cansaço, preocupação com a forma como os outros o veem, algumas vezes pode haver dificuldades psicológicas e de relacionamento ...

Eczema in child

O que causa eczema atópico?

Pode ter duas causas: pode haver uma predisposição genética, bem como fatores epigenéticos ligados ao meio ambiente e ao estilo de vida.

Um problema hereditário

Este problema de pele normalmente é hereditário. Na sua origem encontra-se uma pele permeável, muito seca e porosa. Por ter falta de lípidos, não atua como uma barreira. Mais permeável, permite a entrada de alergénos e irritantes presentes no meio ambiente, absorvendo tudo como uma esponja.

Fatores desencadeantes e agravantes

Uma série de fatores podem fazer com que o eczema apareça: frio, vento, calor, transpiração, poluição, pólen, cosméticos não adequados, detergente, medicamentos ... Cada pessoa é sensível a coisas diferentes. O sistema digestivo e o microbioma intestinal desempenham um papel decisivo e por isso a dieta também faz parte destes fatores. O stress e as emoções também podem desencadear o eczema. Cada crise é o resultado de um sistema imunológico descontrolado que reage cada vez mais com o passar do tempo.

Eczema cream for adults

Como tratar o eczema atópico?

É importante tratar o eczema atópico o mais rápido possível, seja criança ou adulto. Os dermatologistas têm tratamentos eficazes para melhorar o conforto diário dos pacientes. A prioridade a curto prazo concentra-se em acalmar a comichão, ao passo que, a longo prazo, o objetivo é espaçar as recidivas.

 

Cuidado emoliente para hidratar a pele e fornecer lípidos

Esta é a forma simples e básica de prevenir as crises. Se a sua pele é atópica, é importante aplicar um hidratante formulado especificamente para a sua pele, em todo o corpo, duas vezes por dia. A aplicação diária alivia a comichão. A longo prazo, hidrata a pele e fornece os lípidos que estão em falta, reestruturando a sua função de barreira e espaçando as recidivas. Certifique-se que utiliza um produto de higiene suave que não irrite a pele, como um óleo de banho. Finalmente, é sempre uma boa ideia ter atenção aos produtos cosméticos que usa, uma vez que podem fazer com que a sua pele reaja.

Cremes médicos locais por prescrição

Quando a sua pele apresenta erupções, para além do creme hidratante que aplica diariamente em todo o corpo, é necessário também um creme à base de cortisona que deve aplicar nos locais onde aparecem as manchas vermelhas e a comichão. Depois de cada aplicação, as manchas vermelhas diminuem e ficam com melhor aspeto. Ao reduzir gradualmente a quantidade que usa, está a evitar um efeito rebound. De forma geral, os efeitos secundários provocados pelo uso de corticóides tópicos durante a dermatite atópica são muito raros, desde que siga corretamente a prescrição do médico.

Bons hábitos

- Tome banhos curtos com água morna ou mesmo fria, em dias alternados durante uma crise.

- Lave as mãos em água fria ou morna, nunca quente, utilizando o mesmo produto que utiliza no banho.

Escolha um detergente para a roupa que a sua pele tolere e tecidos suaves que não irritem a pele.

Areje a casa todos os dias, a menos que seja a estação do pólen.

- Faça atividades relaxantes de que goste para ajudar a diminuir o stress e a melhorar o seu humor. Contate associações especializadas para encontrar ajuda e manter uma atitude positiva – a melhor forma de manter o seu eczema sob controle!

- Também existe a dermatite de contato, que pode ser de dois tipos: dermatite de contato irritativa ou, mais rara, dermatite de contato alérgica.

Descubra o nosso artigo: " Soluções que tornam o dia-a-dia de quem vive com eczema atópico mais fácil "

Dermatite de contato irritativa

Quem pode ser afetado?

A dermatite de contato irritativa representa 80% de todos os eczemas de contato (irritativos e alérgicos). É difícil saber quantas pessoas têm dermatite de contato irritativa, já que muitos nunca consultam um médico. Mesmo que na maioria das vezes não seja detetado, estima-se que entre 2 e 10%1 da população seja afetada, compartilhada igualmente entre mulheres e homens. A dermatite de contato irritativa é responsável por 95%2 das doenças cutâneas. Algumas pessoas têm eczema atópico e de contato.

1 Thérapeutique Dermatologique – Mars 2012
2 Sonia N. Bains, Pembroke Nash, Luz Fonacier – Clinical Reviews in Allergy & Immunology, Springer Science+Business Media 2018

Qual é o aspeto da dermatite de contato irritativa?

Na dermatite de contato irritativa, a pele reage após entrar em contato com um agente irritativo específico: um produto cosmético, produto químico, metal, medicamento, substância natural ... Neste caso, dizemos dermatite de contato irritativa porque a reação pode estar ligada ao toque ou fricção com o irritante, por um determinado período de tempo. Não é uma alergia e não é contagioso.

Muitas vezes, esse tipo de eczema afeta o rosto e as mãos. Os sintomas comuns variam muito, dependendo da sensibilidade de cada pessoa. Podem variar de pele seca a vermelhidão, inchaço, manchas vermelhas, bolhas cheias de líquido, ardor e prurido que pode ser intenso... Quando o problema se torna crónico, a pele também pode ficar mais espessa, descamar e desenvolver pequenas gretas. Quando a área afetada é visível pode também criar constrangimentos ou até mesmo um complexo.

Eczema on hands

O que causa dermatite de contato irritativa

A reação particular do corpo a um irritante está ligada a uma barreira cutânea fragilizada. A reação ocorre poucas horas após a exposição e é restrita à área precisa onde ocorreu o contato.

Aqui estão alguns exemplos de irritantes que podem desencadear eczema de contato irritativo. Esteja ciente de que a reação será ainda maior se houver fatores físicos agravantes, como atrito, fricção, frio ou calor ...

 

- Produtos químicos: detergentes, desinfetantes, produtos antissépticos, ácidos, bases, solventes orgânicos

- Agrotóxicos

- Algumas plantas

- Sais de metal

 

Um dos tipos mais conhecidos de dermatite de contato irritativa é a "dermatite doméstica", causada pela exposição a produtos de limpeza e detergentes. Ocorre tanto em ambiente doméstico quanto profissional, nas funções de cuidado e saúde. Alguns empregos também apresentam um risco maior de dermatite de contato irritativa:

 

- Profissionais de manutenção: produtos químicos, detergentes, desinfetantes ...

- Profissionais de construção

- Profissionais de saúde: lavagem frequente das mãos, produtos químicos, desinfetantes, produtos antissépticos

- Fabrico de carros

- Profissionais de agricultura e jardinagem: agrotóxicos

Como tratar a dermatite de contacto irritativa?

Limpe a zona afetada com um produto de higiene suave, o mais rápido possível. Consulte o seu médico se tiver uma reação forte.

Bons hábitos

  • Aplique um creme emoliente para que atue como uma barreira
  • Utilize luvas (que não sejam feitas de látex ou borracha)
  • Verifique a composição dos produtos que utiliza
  • Evite a exposição à substância identificada
Irritative contact dermatitis treatment

Dermatite de contacto alérgica

 

Quem pode ser afetado?

A dermatite de contato alérgica é muito mais rara do que a dermatite de contato irritativa. Corresponde a cerca de 20% dos casos de eczema de contato.

 

Como saber se tem dermatite de contacto alérgica?

Os sintomas são muito semelhantes aos da dermatite de contato irritativa: vermelhidão, inchaço, manchas vermelhas, sensação de ardor, prurido intenso. A pele fica mais espessa e pode aparecer gretas. Estes sintomas aparecem após a exposição repetida ao mesmo alergénio.

Noutras palavras, é possível não ter uma reação durante muitos anos de exposição a um alergénio específico e, de repente, ter uma crise de eczema. O período em que não aparece nenhum sinal de alerta específico é aquele em ocorre a sensibilização, que antecede qualquer crise.

A reação ocorre na zona onde ocorreu o contato, normalmente 24 a 96 horas depois. Os sintomas também podem surgir muito mais tarde e podem aparecer numa área mais ampla do que aquela onde houve exposição, por vezes até podem aparecer noutras zonas do corpo. A qualidade de vida pode ser altamente impactada pela comichão e pelo desconforto, bem como pela forma como as outras pessoas olham, se for uma reação de pele visível.

Eczema on the neck

O que causa dermatite de contacto alérgica?

Os dermatologistas dizem que o eczema irritativo é a porta de entrada para o eczema alérgico, uma vez que as duas formas são muito semelhantes. Estas duas formas estão relacionadas entre si. Através da exposição repetida a um alergéno, o eczema irritativo transforma-se em eczema alérgico. O corpo fica sensibilizado, provocando uma reação imunológica, mesmo com níveis muito baixos do alergéno.

A zona do eczema pode ajudá-lo a identificar a sua causa:

 

- Couro cabeludo: shampoo, produtos de coloração, produtos de hairstyling...

- Rosto: cosméticos, produtos de higiene, tratamentos tópicos, protetor solar, perfume ...

- Pálpebras: maquilhagem, gotas para os olhos, vernizes (já que tocamos nos olhos mais de 100 vezes por dia, sem nos apercebermos) ...

- Lábios: batom ou protetor labial, pasta de dentes, instrumento musical ...

- Orelhas, pescoço: joias, vernizes, perfume ...

- Corpo: roupa interior, produtos de higiene pessoal

- Pernas e pés: cola para sapatos, meias…

- Mãos: A lista de tudo que tocamos durante o dia é muito longa! 

 

Novamente, alguns empregos correm um maior risco de desenvolver dermatite de contato alérgica:

 

- Profissionais de cabeleireiro e salão de beleza: produtos químicos, produtos de coloração, vernizes e perfumes ...

- Profissionais da construção: cimento, cola, tinta, verniz ...

- Profissionais de saúde: lavagem frequente das mãos, produtos químicos, medicamentos, luvas de látex, próteses…

- Padeiros: farinha, especiarias, aromas ...

- Fabricantes de automóveis: tintas, lubrificantes, borracha, óleos industriais, solventes ...

- Agricultura e jardinagem: pesticidas, fertilizantes, agrotóxicos ...

 

Como tratar a dermatite de contacto alérgica?

Se acha que tem dermatite de contato alérgica, consulte o seu médico, que pode prescrever um tratamento tópico adaptado (normalmente um corticosteróide). Numa fase posterior, também pode consultar um alergologista ou um dermatologista especializado em alergias e fazer uma avaliação de alergia. O objetivo, obviamente, é identificar o que lhe faz alergia para evitar o contato no futuro.

 

Allergic contact dermatitis treatment

  • Higiene diária com enxaguamento

    Pele muito seca, irritada a atópica

    Patente Terapia de barreira da pele™

    Atoderm Intensive Gel moussant

    (5 opiniões)

    Intensive Gel moussant: Gel de limpeza suave, anti-prurido.

    Indicado para

    Para toda a família (exceto bebés prematuros)

  • BIODERMA foto produto, Atoderm óleo de duche 1L, óleo de duche para pele seca
  • Higiene diária com enxaguamento

    Pele muito seca, irritada a atópica

    Patente Terapia de barreira da pele™

    Atoderm Huile de douche

    (207 opiniões)

    Óleo de duche: Hidratação 24 horas e conforto imediato desde o banho.

    Indicado para

    Para toda a família (exceto bebés prematuros)

  • BIODERMA foto produto, Atoderm Intensive baume 500ml, bálsamo hidratante para pele seca
  • Cuidado diário

    Pele muito seca, irritada a atópica

    Patente Terapia de barreira da pele™

    Atoderm Intensive Baume

    (39 opiniões)

    Intensive Baume: Cuidado intensivo dermo-reestruturante e anti-prurido. Ultra-calmante e ultra-nutritivo.

    Indicado para

    Para toda a família (exceto bebés prematuros)

  • Cuidado diário

    Pele muito seca, irritada a atópica

    Patente Terapia de barreira da pele™

    Atoderm Intensive gel-creme

    (4 opiniões)

    Cuidado nutritivo calmante, ultra leve e fresco

    Indicado para

    Para toda a família (exceto bebés prematuros)

  • Cuidados complementares

    Pele sensível seca a muito seca Pele muito seca, irritada a atópica

    Tecnologia de Alívio da pele

    Atoderm SOS spray

    (4 opiniões)

    SOS spray: Reflexo anti-prurido para alívio imediato.

    Indicado para

    Para toda a família (exceto bebés prematuros)

  • Cuidado diário

    Pálpebras muito secas, irritadas e com eczema

    Patente Terapia de barreira da pele™

    Atoderm Intensive eye

    (51 opiniões)

    Intensive eye: Cuidado 3-em-1 para eczema da pálpebra: acalma, repara e remove a maquilhagem.

    Indicado para

    Para toda a família (exceto bebés prematuros)