Skin with Redness and Visible Vessels

A vermelhidão ou pequenos vasos visíveis são sintomas causados ​​por uma anomalia no sistema venoso do rosto, que não está a funcionar normalmente. A vermelhidão, com ou sem sensação de calor, é temporária ou duradoura.

Determinados fatores agravam essa condição:

  •  Variações drásticas de temperatura (frio-calor);
  • Ingestão de alimentos demasiado quentes e condimentados, consumo de álcool, etc.

A rosácea e a couperose, que é uma forma de rosácea, costumam causar vermelhidão e vasos visíveis no rosto. Mas essas não são as únicas causas. Certas patologias dermatológicas que provocam a dilatação dos vasos do rosto estimulam a couperose e certos rubores podem corresponder a patologias subjacentes que devem ser investigadas. Para além disso, certos medicamentos podem causar dilatações vasculares no rosto, ou aumentar

A couperose é causada pela dilatação de pequenos vasos na derme superficial. O termo médico que se aplica a essa dilatação vascular é telangiectasia.

A rede de vasos superficiais forma um "sistema capilar" composto por linhas lineares avermelhadas no rosto. Certos parâmetros dessa rede podem variar, dependendo da pessoa e do seu tipo de pele, da duração do processo e da temperatura ou das alterações da temperatura interna ou externa. Os vasos capilares são mais ou menos vastos e a sua cor varia, do vermelho brilhante ao roxo azulado. 

A topografia varia, mas geralmente é relativamente simétrica: por vezes, apenas as narinas são afetadas, mas as maçãs do rosto ou as bochechas, de maneira geral, são as áreas mais afetadas. No entanto, todo o rosto pode ser afetado. 
Quando a ramificação das telangiectasias é difícil de ver a olho nu e a vermelhidão domina, temos aquilo a que se chama eritrose.

Woman looking at her skin in the mirror

Logicamente, o termo geral que descreve essa condição, a meio caminho entre as duas variantes, é a eritro-couperose.A couperose pode originar, por vezes, um angioma estelar: trata-se de uma ramificação vascular em forma de estrela, com uma mancha vermelha central, mais ou menos em relevo.

Na maioria dos casos, a couperose não está relacionada com nenhuma doença subjacente; aparece lenta e progressivamente e é uma forma de rosácea

O seu aparecimento poder ser precedido de rubores. Outras manifestações de rosácea são a eritrose e, eventualmente, pápulas vermelhas (pequenas borbulhas) ou pústulas. O consumo de álcool não provoca a couperose nem a rosácea.

Woman with hair in the wind
  • As condições meteorológicas exteriores são importantes, uma vez que a exposição ao mau tempo, ao sol e às variações de temperatura exterior, por motivos profissionais ou outros motivos, podem fazer com que a couperose apareça.
     
  • O consumo de álcool não causa couperose nem rosácea.

Quem é afetado pela couperose?

Pessoas com pele clara e fina são as mais afetada pela couperose. 

 

Quais são os sintomas da rosácea ?

A rosácea é uma doença dermatológica frequente, que afeta apenas o rosto, principalmente o nariz, as bochechas, a testa e o queixo. Os olhos podem ser afetados (rosácea ocular), mas é raro. A rosácea não é uma forma de acne, e o termo "acne rosáceo", que é utilizado por vezes, está condenado a desaparecer. Sendo uma condição cutânea bastante visível, é geralmente psicologicamente desafiadora porque causa desfiguração e é frequentemente confundida com os sinais do alcoolismo crónico.

 

Três formas diferentes, três tipos de sintomas

Step 1

1/ A forma vascular: eritrose e couperose

Manifesta-se como vermelhidão no rosto, acompanhada, ou não, de couperose (pequenos vasos sanguíneos dilatados nas faces e no nariz, denominados telangiectases). Esta vermelhidão pode ser esporadicamente acompanhada de ruborização vasomotora, isto é, de uma sensação intensa de afluxo de sangue ao rosto, que se dissipa rapidamente.

Step 2

2/ A forma papulo-pustular

A eritrose é, neste caso, combinada com surtos de borbulhas que se assemelham a acne (manchas vermelhas e pequenas pústulas, mas sem comedões), presentes exclusivamente no rosto.

Step 3

3/ A forma hipertrófica

Esta forma, caracterizada pelo nariz excessivamente grande e com protuberâncias, é muito mais rara e afeta quase exclusivamente os homens. Designada por rinofima, esta patologia não está relacionada  com o consumo de álcool, ao contrário do que muitas pessoas pensam. Todos estes sintomas causam geralmente desconforto diário significativo, bem como a alteração da qualidade de vida.

Quais as causas da rosácea ?

Adult
Fatores genéticos as mulheres com pele clara das regiões do norte da Europa são particularmente afetadas
Sun
Fatores ambientais externos exposição aos raios UV, variações de temperatura (certas profissões estão mais expostas)
Stress
uso de estimulantes (álcool, especiarias) são dominantes no início da rosácea
Body areas
Uma anomalia no funcionamento da veias faciais parece ser a principal causa da vermelhidão
Immunity
Um pequeno parasita o demodex folliculorum, normalmente encontrado na pele, parece desempenhar um papel importante. Neste caso, provoca uma reação inflamatória

Quem é afetado pela rosácea ?

A rosácea é três vezes mais comum em mulheres do que em homens, e as peles claras são as mais afetadas.
Os sintomas aparecem frequentemente por volta dos 30 anos, mas a idade em que isso mais acontece é por volta dos 50 anos. 
Uma característica frequente da rosácea é a sua associação com a pele sensível.

Consulte o seu dermatologista para que ele possa confirmar o diagnóstico, bem como se sofre de couperose, rosácea ou outra condição.

Doctor with a patient in a medical office

O tratamento preventivo consiste em limitar os fatores desencadeantes, como variações de temperatura, exposição aos raios UV, bebidas quentes, pratos muito condimentados, café. O álcool não desencadeia esta condição, mas consumi-lo excessivamente pode exacerbar os sintomas.
Se ocorrer rubor, os médicos recomendam deixar que um cubo de gelo derreta na boca, durante os primeiros minutos.

Bioderma - Woman protecting from the sun

Certos tratamentos medicamentosos podem ser prescritos pelo médico:

  • Localmente, o metronidazol como um gel, creme ou composto.
  • Por via oral, antibióticos (tetraciclina), geralmente ao longo de um período de três meses, em casos de papulo-pústulas ou rosácea ocular.

Dito isto, a rosácea não é curada por estes tratamentos, pois progride em crises e os tratamentos locais precisam de ser mantidos continuamente.
A vermelhidão é difícil de tratar; no entanto, os tratamentos a laser são particularmente benéficos, especialmente os lasers corantes de regime pulsado, Nd Yag e KTP. Os vários tipos de lasers vasculares são descritos abaixo.

Woman taking medication

O tratamento mais adequado para a couperose é o tratamento a laser. Esta técnica mudou significativamente o controlo deste problema. Existem vários tipos de tratamento a laser para lesões vasculares, ou seja, tratamentos a laser que visam especificamente os vasos capilares e a hemoglobina dos glóbulos vermelhos: o laser KTP, que atua particularmente nas ramificações da couperose, o laser Nd: YAG e lasers corantes de regime pulsado, que também atuam na eritrose e nos angiomas estelares.

Woman having skin therapy

Os tratamentos dermocosméticos são úteis a todas as formas cutâneas de rosácea e couperose: devem ser hidratantes, calmantes, não oclusivos, indicados para peles sensíveis, e idealmente com propriedades de proteção vascular. Também é importante utilizar produtos de limpeza adequados, limitando o contacto com a água da torneira.

Recomenda-se igualmente uma boa proteção solar. Em alguns casos, são muito úteis os cremes que ajudam a ocultar a vermelhidão (porque contêm pigmentos verdes que a neutralizam).

Bioderma - woman applying cream on the face